PEIG no Jornal O ECO da Ilha Grande

As ações e atividades realizadas na Semana da Água do Parque Estadual da Ilha Grande foram publicadas no Jornal O ECO da Ilha Grande, foi publicado também o nosso Boletim, Ecos do Bugio.

vejam o link :

http://www.oecoilhagrande.com.br/

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ecos do Bugio

Acabou de sair do forno o novo Ecos do Bugio, número 04.

http://www.inea.rj.gov.br/news_peig/news_004.html

Entrem e fiquem a vontade!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Semana da água no Parque

SEMANA DA ÁGUA NO PARQUE ESTADUAL DA ILHA GRANDE – PEIG

O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1992, sendo comemorado no dia 22 de março. A água é essencial para todos os organismos vivos, os cientistas consideram que um planeta pode ter vida apenas observando se há ou não água.

Boa parte da problemática não é a falta de água, como acontece em algumas regiões do nosso País ou do Mundo, o problema principal é a contaminação dos rios, destruição da vegetação no entorno, construções irregulares em áreas de nascente, os motivos são diversos.

Não devemos esquecer que a água é um bem finito, e devemos desde já preservá-la, é bom saber que 97,5 % da disponibilidade da água do mundo está nos oceanos, e que apenas 0,5 % da água doce restante está nos rios.

Nos dias 21 e 22 foram realizadas atividades para comemorar e sensibilizar as pessoas sobre a água.

Dia 21: as atividades ocorreram com os alunos da Educação de Jovens e Adultos (Escola Brigadeiro Nóbrega) municipal. Após uma palestra do Biólogo Sandro Muniz, com apoio da Eng. Florestal Luciana Loss e de Maria da Purificação, os alunos colocaram a mão na massa, e fizeram duas belas e educativas maquetes (foto 01). Cada maquete representava uma realidade dos rios brasileiros. Uma maquete tinha o rio limpo, vegetação das margens (Mata Ciliar) protegida, e as casas construídas bem distante do rio. Na outra maquete os alunos representaram um rio poluído, sujo, sem Mata Ciliar e com as casas na beira do rio.

Foto 01. construção das maquetes.

Os alunos, jovens e adultos, aprenderam sobre a importância da água limpa e saudável, e também sobre a preservação da vegetação próxima aos rios. Estes alunos também foram sujeitos da educação das crianças, pois estas maquetes foram usadas na atividade do dia seguinte, no dia da água.

Foto 01. Alunos da EJA, funcionários PEIG Maria e Luciana, e a maquete com rio poluido

Dia 22, dia da água: os alunos das professoras Suely, Luciene e Flora tiveram a oportunidade de conhecer as maquetes e participar de outras atividades. Participaram e realizaram os experimentos  Sandro Muniz, Luciane Zanol, Luciana Loss, Maria da Purificação e Sr. João.

As crianças observaram as maquetes (foto 02) e todas não tiveram dúvidas sobre qual o ideal para o rio, para os animais e para os homens. O rio limpo! E disseram que lixo deve ser jogado na lata de lixo!

Foto 02. Maquete.

Após, os alunos puderam observar o funcionamento de um filtro (atividade que eles mais gostaram), alguns acharam que era mágica! Puderam, desta forma, entender o processo de filtração e a importância do solo e das rochas no subsolo (foto 3).

Foto 03. Filtro de água.

Outra atividade interessante foi a caixa de erosão (foto 04). Uma caixa tinha vegetação e a outra não, ao simular a chuva os alunos puderam ver o que acontece. O solo da caixa sem plantas foi quase todo escoado pra fora, já a caixa com vegetação não teve perda de solo! Os alunos disseram que era devido às raízes e às plantas! Acertaram! A vegetação “segura” o solo com as raízes e as copas da árvores diminuem o impacto da chuva, e desta forma os solo se mantém estáveis e não vão parar nos rios.

Foto 04. Caixa de erosão e os alunos da professora Luciene

Com estas atividades conseguimos, junto com a escola, sensibilizar para uma relação saudável e amiga com a Água, os rios, e a vegetação. E não esqueçam que pequenas atitudes do dia a dia podem ajudar como tomar banhos rápidos, escovar os dentes com a torneira fechada, não usar mangueira pra lavar o quintal.

Dia 24: teremos a atividade de diagnóstico de um rio aqui da Vila do Abrão, os alunos do sexto ano visitarão e percorrerão o rio, fazendo uma análise crítica sobre a situação que encontrarem.

Dia 08 de Abril: daremos continuidade a atividade diagnóstico do rio, faremos uma avaliação da atividade e os alunos farão um jornal mural sobre a temática da água.

AGRADECIMENTOS:

Um especial obrigado as professoras, a diretora e os funcionários da escola Brigadeiro Nóbrega, ao Sr. João pelas lindas caixas e pelo filtro, e à Maria pela arte na maquete! E a toda equipe do PEIG. E a todos os alunos!!

Cronograma:

DIA ATIVIDADE Público
21/03 Palestra + maquete EJA – Professora Suely
22/03 Filtro + caixas de erosão Primeiro Ano – Professoras Suely,  Flora e Luciene
24/03 Diagnóstico do rio Sexto Ano – Professor Elan
08/04 Jornal Mural (Avaliação e encaminhamentos, sobre o diagnóstico do rio) Sexto Ano – Professor Elan

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Venha nos visitar!


O Parque Estadual da Ilha Grande é o segundo maior parque insular do Brasil e abrange mais da metade da Ilha Grande, na Costa Verde, litoral sul fluminense. A importância do seu ecossistema fez com que fosse reconhecida pela UNESCO como parte da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, em 1992.

O PEIG foi criado em 1971 com 15 mil hectares, viu-se reduzido para 5.600 hectares em 1978, e assim permaneceu até janeiro de 2007. Em fevereiro de 2007, através do Decreto Estadual 40.602/2007, a área do parque foi ampliada para 12.052 hectares (120,52 km2), quando então passou a abranger 62,5% da superfície da Ilha.

Em 2007, além da ampliação dos limites, foi planejada uma série de iniciativas para fortalecer a implantação e operação do PEIG. O Projeto de Proteção à Mata Atlântica – PPMA/RJ, com recursos do banco alemão KFW, vêm apoiando a gestão do parque em diversas iniciativas, a empresa TERMORIO/PETROBRAS vem aportando recursos de compensação ambiental e o Instituto Ambiental Vale implantou o Projeto de Restauração Ecossistêmica. Neste mesmo ano, a Ilha Grande foi eleita uma das Sete Maravilhas do Estado do Rio de Janeiro.

A Companhia Vale, em abril de 2009, assinou um termo de adoção do PEIG por um período inicial de cinco anos, para apoiar a gestão do parque com reforço operacional e investimentos da ordem de 5 milhões de reais.

Faz parte desse conjunto de ações as construções de infra-estrutura e sinalização adequadas, manutenção de trilhas e demais melhorias das áreas de uso público, ampliação da participação da sociedade civil e das parcerias na gestão do Parque.

O símbolo do Parque da Ilha Grande é o macaco bugio (Alouatta guariba), também conhecido como guariba, roncador ou macaco-uivador. Seu grito pode ser ouvido a centenas de metros de distância. É uma espécie ameaçada de extinção e endêmica da Mata Atlântica.

Atualmente, o parque conta com um Conselho Consultivo formado por 42 entidades atuantes e seu Plano de Manejo está em elaboração, com perspectiva de publicação até o final de 2009. Diversas pesquisas científicas autorizadas são apoiadas pelo PEIG e investigam desde a ecologia de espécies da flora e fauna até as relações sociais nas diversas comunidades de seu entorno.

A paisagem do Parque é um conjunto de montanhas e pequenas planícies, sulcadas por centenas de riachos de águas límpidas, com pequenos poços, corredeiras e cachoeiras. Florestas ocupam mais de 90% de sua área, com cerca de 250 espécies de árvores e arbustos. Restingas, brejos e manguezais completam o quadro natural. A fauna hospeda milhares de espécies de invertebrados, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. A ocorrência de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção reforça a importância da preservação deste patrimônio.

O PEIG é um local excepcional para vários tipos de atividades: recreação, aventuras, caminhadas, aprendizagem, educação, relaxamento, banho de mar e de rio, mergulho para observação da fauna e flora marinha e contemplação da natureza.

A sede do Parque está localizada na Vila do Abraão, em um casarão histórico. Lá também funciona o Centro de Visitantes, com exposição de maquete e painéis informativos, aberto de terça a domingo, de 8h às17h.

Administrador: Izar Araújo Aximoff

Endereço: Av. Nacib Monteiro de Queiroz, s/n – Vila do Abraão – Ilha Grande – Angra dos Reis – Rio de Janeiro – CEP 23968-000
Telefone: (24) 3361-5540

Endereço eletrônico: falecompeig@gmail.com e peig@inea.rj.gov.br

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário